Hoje na História do Pink Floyd
10 de Março na História do Pink Floyd

10 de Março na História do Pink Floyd

Índice de Anos

1967

O primeiro single 📙 do Pink Floyd é lançado com “Arnold Layne” no lado A 📙 e “Candy and a Currant Bun” no lado B 📙. Ambas aparecem em mono 📙 e nunca receberam mixagem 📙 estéreo 📙, apesar das fitas master 📙 de quatro canais 📙 ainda existirem no arquivo da EMI. A banda foi creditada como “The Pink Floyd” (o artigo “the” foi abandonado da nomeação logo em seguida) e recebeu uma embalagem genérica com o nome da gravadora e um círculo vazado que permitia visualizar o selo do disco. Ambas as composições eram de Syd Barrett e tratavam de temas polêmicos: a primeira era baseada em uma história real da personagem do título que à noite roubava roupas dos varais da vizinhança e, embora a letra não exponha, eram peças íntimas femininas para uso próprio. O tema incomum de travestismo atraiu a ira da estação pirata “Radio London”, que a considerou muito distante da sociedade “normal” para seus ouvintes e a baniu completamente da transmissão. A segunda era originalmente chamada de “Let’s Roll Another One” (“vamos enrolar outro” – baseado) e tratava de sexo casual e drogas. Por imposição da gravadora o título foi alterado e o verso “estou chapado, não tente estragar minha diversãoretirado, embora “please, just fuck with me” (“por favor, apenas foda comigo”) tenha permanecido, levemente disfarçado por um sussurro porém. Logo de cara, Barrett já deu sinais de sua postura anticomercial que, em curto espaço, seria elevada aos limites. Mesmo assim, o single 📙 alcançou a ótima 20ª posição na parada de sucessos inglesa, embora Andrew King, o empresário da banda, tenha declarado ter gasto “algumas centenas de libras” para impulsionar o disco.

Propaganda:É isso! O próximo som projetado de 67

À noite o Pink Floyd fez um show no UFO, mítico e efêmero clube de Londres onde foi a banda que mais vezes se apresentou, doze.

Pôster em “silkscreen” com dois shows do Pink Floyd no UFO

1972

Continuando a turnê japonesa, Kyoto foi a terceira cidade daquele país a receber um show da “Dark Side of the Moon”.

Bootlegs 📙 do show do Pink Floyd em Kyoto (Japão, 10 de março de 1972):

  • Acesse
  • Doe
  • Compre
  • Espalhe

Consumir nossos trabalhos nos ajuda muito e somos verdadeiramente honrados por você gostar!

Siga nossas redes sociais e interaja com nossas postagens, é de um valor gigantesco e você receberá atualizações e informações importantes:

Que tal doar QUALQUER valor?
Mas, por favor, não se sinta na obrigação, dê apenas se e quanto puder.

  • PIX
  • Link
  • Assinar

Confirmação: Giovany Gabriel Faria da Silva | Mercado Pago

Clique em uma das sugestões abaixo ou no último botão para optar por qualquer valor.

Toda a movimentação será feita em um site seguro (Mercado Pago*) e com vários opções (cartão, boleto, lotérica, pix etc.).

* Doação única com conferência de valor antes, garantia de devolução integral e opção de parcelar sem acréscimo.

Clique em uma das sugestões abaixo ou no último botão para optar por qualquer valor.

Atenção: doação mensal; cancele quando quiser.

Toda a movimentação será feita em um site seguro (Mercado Pago*) e com vários opções (cartão, boleto, lotérica, pix etc.).

Fãs de Pink Floyd encontrarão produtos de qualidade e exclusivos

Segurança, várias formas de pagamento e parcelamento, garantia de devolução e você recebe no endereço que indicar!

Sabe aquela pessoa que também gosta?

Recomende esta página a compartilhando em uma das suas redes sociais:

Sua divulgação será nossa melhor propaganda, vai nos ajudar MUITO.
Valeu demais! 💜

1973

O “Memorial Gymnasium”, que fica dentro da universidade da cidade americana de Kent, recebe o Pink Floyd com a “Dark Side of the Moon Tour”.

Segmento do show de Kent com “Dark Side of the Moon” na íntegra (áudio)

2006

Primeira apresentação pública da turnê “On an Island”, de David Gilmour, já que o primeiro show aconteceu em sua festa privada de aniversário quatro dias antes e o segundo foi apenas para convidados e sorteados três dias antes. E esse show em Dortmund (Alemanha) trouxe duas grandes surpresas: “Wot’s… Uh the Deal?” foi tocada ao vivo pela primeira vez e “Echoes”, que não era tocada ao vivo há 18 anos (lembrando que Rick Wright, o outro vocalista original da música, estava na banda).

DVD não oficial
Histórica primeira performance ao vivo “Wot’s… Uh the Deal?

2010

Pink Floyd vence batalha judicial contra sua gravadora EMI para impedir a venda de suas canções avulsas e como toques de celular através do então novo mercado de downloads. A banda argumentou que sua música só deveria ser ouvida como parte dos álbuns completos em que apareceram originalmente e apontaram para um contrato assinado em 1999 que afirmava que as faixas não poderiam ser “separadas” de seu contexto original. Os advogados da EMI argumentaram que este contrato foi assinado antes do surgimento das lojas de música digital e referia-se a “discos”, não se aplicando às vendas online. Mas o juiz ficou do lado da banda, lembrando que o contrato foi pensado para “preservar a integridade artística dos álbuns”.

Visite nossa Loja


2012

Roger Waters faz o terceiro de uma muito impressionante sequência de nove shows no Estádio Monumental de Núñez, na capital argentina. Apresentando sua turnê “The Wall Live” teve uma média de 47 mil pessoas por noite e quase meio milhão só nessas duas semanas em Buenos Aires.

Roger Waters “The Wall Live” na Argentina – início do show (10 de março de 2012)


Dias Anteriores na História do Pink Floyd

+ Ver todas as datas…

Junte-se às nossas Newsletters

Inscreva-se em nosso boletim: você receberá APENAS mensagens importantes (notícias do Pink Floyd, informações sobre The Carnawall e promoções exclusivas).

Clique nos botões e/ou digite (corretamente) seu endereço de e-mail:

Newsletters

Você poderá se desinscrever com facilidade quando quiser!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X